Promotor Flávio Cavalcante e PGJ do MP-AP Ivana CeiNos seis primeiros meses de atuação do Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro (LAB – LD) do Ministério Público do Amapá (MP-AP) mais de R$ 80 milhões (oitenta milhões de reais), com indícios de ilicitude, já foram identificados. Os números foram apresentados, na última quarta-feira (29), em relatório entregue pelo coordenador do LAB-LD, promotor de Justiça Flávio Cavalcante à Procuradora – Geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei.

O LAB-LD é resultado de um Acordo de Cooperação Federativo firmado, em novembro de 2013, entre a Procuradoria Geral de Justiça do MP-AP, a Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça (SNJ/MJ) e a Secretaria de Segurança Pública Estado do Amapá,

Durante a fase de instalação, o MP-AP recebeu investimentos do MJ concentrados em transferência de tecnologia, softwares, hardwares e todos os equipamentos necessários para o funcionamento do Laboratório. Por outro lado, MP garantiu a estrutura física adequada, bem como qualificação de servidores da própria instituição para atuarem no combate à lavagem de dPromotor de Justiça Flávio Cavalcante - coordenador do LAB-LDinheiro.

No balanço dos seis primeiros meses de atividades, o coordenador comemorou o resultado do trabalho realizado pela equipe, atualmente formada por cinco analistas de informação.

“O LAB-LD custou aos cofres do MP o investimento com qualificação de R$ 112 mil, em contrapartida, atuamos em casos onde identificamos R$ 80.250.000,00 (oitenta milhões e duzentos e cinquenta mil reais) com indícios de ilicitudes, o que corresponde a 716 vezes o valor do custeio ocorrido em dois exercícios financeiros, 2013 e 2014”, detalhou o promotor Flávio Cavalcante.

O LAB-LD se traduz, na prática, em soluções mais rápidas no mapeamento de operações suspeitas em eventos de desvio de dinheiro. Além disso, é possível fazer a identificação, rastreamento e recuperação de recursos, bem como o bloqueio de bens e contas bancárias oriundos dessas atividades ilícitas.

“Conseguimos trazer para o Amapá o primeiro Laboratório contra a Lavagem de Dinheiro região Norte. Isso só foi possível porque tratamos como prioridade na nossa gestão o combate à corrupção. Seguiremos dando prioridade a esse trabalho, garantindo, para isso, todo o apoio necessário. Não há dúvida que cada centavo investido se traduz em retorno para a sociedade, pois fortalece o trabalho de membros e servidores do MP-AP”, assegurou a PGJ, Ivana Cei.

O Laboratório presta apoio às promotorias fazendo análise de material com indícios de lavagem de dinheiro e corrupção e produzindo informações estratégicas, agregando valor às provas coletadas. Pelas características de atuação, os maiores demandas do LAB-LD são da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural e Público e Promotoria de Investigações Cíveis e Criminais.

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616/(96) 8121-6478 Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
214/2017 23/11/2017
213/2017 22/11/2017
212/2017 21/11/2017
211/2017 17/11/2017
210/2017 16/11/2017
209/2017 14/11/2017
208/2017 13/11/2017
207/2017 10/11/2017
206/2017 09/11/2017
205/2017 08/11/2017
204/2017 07/11/2017

Operação Eclésia

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Diário Oficial Eletrônico

Ouvidoria

Plantões

Espelho do MPAP

Reuniões dos Órgãos Colegiados

Nenhuma audiência agendada para os próximos dias.

Licitações Ao vivo

Nenhuma transmissão agendada para os próximos dias.