Aconteceu, na manhã desta segunda-feira, 30, na Biblioteca do Complexo Cidadão Centro, a primeira ação do projeto “Biblioteca: lugar de memória e conhecimento” promovido pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional/Biblioteca (CEAF/Biblioteca) do Ministério Público do Amapá (MP-AP). O objetivo do projeto é promover atividades de incentivo à leitura por meio da contação de histórias.

Nesta primeira atividade, que está agregada a um projeto macro de diagnóstico sobre as bibliotecas públicas no Estado do Amapá, o Ministério Público trouxe para uma visita guiada os alunos do 3º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Eunice das Chagas Fernandes Sousa, pela qual as crianças puderam sair da rotina escolar para realizar uma atividade cultural.

No primeiro momento, houve a apresentação da Biblioteca do MP-AP e explicação de sua importância como espaço de preservação da memória para a sociedade. Em seguida, a contadora de histórias, Ângela de Carvalho, divertiu os alunos com um jeito lúdico de representar as narrativas, com a história “Jarro da Memória” de Cláudio Galperim, sempre lembrando o quanto que o registro dos momentos é importante para guardar e resgatar as experiências vividas. 

Após a contação, os estudantes foram levados ao Memorial do Ministério Público para conhecer sobre a recente história da instituição e sobre a figura do Dr. Haroldo José de Arruda Franco (in memoriam), que fora Promotor do MP-AP e que agora dá nome ao memorial e ao prédio da Procuradoria-Geral de Justiça. 

Na ocasião, o Procurador de Justiça e Subprocurador-Geral de Justiça, Nicolau Crispino, enfatizou os direitos e deveres das crianças com relação a educação, ressaltando que a leitura e o prazer de ler fazem parte do processo educacional de cada uma delas.

A bibliotecária do MP-AP e coordenadora do projeto, Leididaina Araújo, ressalta que poucas pessoas têm contato com bibliotecas, principalmente pela carência desses equipamentos de cultura nos municípios. Daí a importância e significado de fazer um levantamento da quantidade de bibliotecas existentes e em funcionamento no Estado Amapá.

Paralelo ao levantamento, a intenção é também despertar nas crianças o interesse pela leitura, para o reconhecimento das bibliotecas e para que elas não sejam perdidas gradativamente. “Queremos passar a importância do livro, da leitura e da biblioteca, para a vida do ser humano, e o incentivo à leitura é plantar uma semente na cabeça dessas crianças”, finalizou.

As próximas ações estão previstas para acontecer nos dias 30/11 e 07/12/2017.

Amanda Paiva

Estagiária de Jornalismo

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616/(96) Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
107/2018 21/06/2018
106/2018 20/06/2018
105/2018 19/06/2018
104/2018 18/06/2018
103/2018 15/06/2018
102/2018 14/06/2018
101/2018 13/06/2018
100/2018 12/06/2018
099/2018 11/06/2018
098/2018 08/06/2018
097/2018 07/06/2018

Operação Eclésia

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Ouvidoria

Plantões

Espelho do MPAP

Reuniões dos Órgãos Colegiados

Nenhuma audiência agendada para os próximos dias.

Licitações Ao vivo

CPL - Concorrência 001/2018 (Abertura)
29/06/2018 10:00:00