WhatsApp Image 2019 03 14 at 09.36.52Na manhã da segunda-feira (11), o titular da Promotoria de Justiça de Defesa da Educação (PJDE) do Ministério Público do Amapá (MP-AP), promotor de Justiça Roberto Alvares, junto com sua equipe técnica, deu início à ação “Gabinete nas Escolas 2019”, na Escola Estadual Coelho Neto, situada no bairro Buritizal, Zona Sul de Macapá. Estiveram presentes, para realizar a vistoria: gestores, dirigentes de entidades, funcionários da instituição, pais, alunos e instituições responsáveis pela fiscalização e administração da educação no município de Macapá.

A ação tem como propósito, avaliar e conhecer as necessidades enfrentadas cotidianamente por alunos, professores, técnicos e pais,vistoria 5 além dos projetos exitosos, que podem inspirar novas iniciativas. Diferente da edição de 2018, as ações ocorrerão duas vezes na semana, às segundas e quintas-feiras.

vistoria 3“É uma ação da PJDE pensada em sair do gabinete e levar para a comunidade escolar uma nova visão do fazer público bem mais próximo. Tornar-se presente, para conhecer de perto as necessidades enfrentadas por toda a coletividade incluída na rotina do educandário”, pontuou Roberto Alvares.

Foram detectadas e relatadas as seguintes carências:

Falta de climatização nas salas de aula; necessidade de adaptação na quadra poliesportiva, para evitar ação de chuvas; poucos materiais para as práticas de educação física; computadores obsoletos no laboratório de informática; rampas lisas para acessibilidade; banheiros em situação precária; e, ainda, ausência de livros didáticos para o 4º ano, o que já era um problema desde 2018.vistoria 4

“O meu filho não recebeu livro ano passado, do 9º ano, e para ele é muito importante porque ele tem o cognitivo atrasado, então, as ilustrações ajudam muito, pois ele não consegue absorver só com as informações do quadro, porque se torna desinteressante”, declarou a mãe de um aluno da escola.

AlunasOs estudantes do estabelecimento de ensino reivindicaram materiais para as práticas de educação física, climatização das salas de aulas e uma alternativa para a quadra poliesportiva.

“Gostaria que houvessem reformas nos banheiros e centrais de ar nas salas de aula”, afirmou Laene, aluna do 8º ano.

A Izabele, do 8º ano, ressaltou a necessidade de mais de materiais para as aulas de educação física, como bolas. Enquanto que o Erick, aluno do 6º ano, afirmou quevistoria 6 “gostaria de uma solução para a quadra, pois ficamos sem atividades esportivas quando chove, molha muito e as aulas são suspensas por risco de acidente. Os banheiros masculinos precisam de cuidados também”.

O diretor da E.E. Coelho Neto, Josimar Pinheiro, informou que os materiais para as aulas de educação física serão adquiridos por meio do repasse que está previsto para entrar no Caixa Escolar.  Acrescentou ainda, que os banheiros passarão por reformas com previsão de entrega em agosto deste ano. O dirigente também ressaltou que a Escola teve uma aluna campeã em concurso de redação, realizado pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ), bem como é ganhadora de outros prêmios em diversos concursos destinados às escolas.

A representante da Secretaria Adjunta de Apoio a Gestão (SAGE/SEED), Cleonice Lima, pontou que, em 2018 foram climatizadas 150 escolas e para o cronograma de 2019, a presente escola deverá passar por adequação elétrica, para depois ser realizada a instalação de centrais de ar.

vistoria 7Concluindo, a Secretaria de Infraestrutura (SEINF-AP) já vislumbra algumas boas soluções como a instalação de frisos e alargamento de beiradas, para evitar a precipitação da chuva na quadra poliesportiva.

Ao final, o promotor de Justiça encerrou agradecendo a presença de todos por reunirem-se para debater a situação atual da escola. “A importância de todos nós sairmos dos Gabinetes e estarmos dentro das escolas implica numa necessária e imprescindível junção de forças na mesma direção. Estamos na busca de excelência de uma educação pública, cujos fundamentos devem realizar a formação cidadã e a qualificação para o trabalho. E, esta, é uma preocupação constante de todos”, ressaltou Roberto Alvares.

 

 

Serviço:

Elton Tavares - Diretor de comunicação

Texto: Louise Dias

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
84/2019 23/05/2019
83/2019 22/05/2019
82/2019 21/05/2019
81/2019 20/05/2019
80/2019 17/05/2019
79/2019 16/05/2019
78/2019 14/05/2019
77/2019 10/05/2019
76/2019 09/05/2019
75/2019 08/05/2019
Ver todos

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP