prevenção cancer 1Servidoras, estagiárias e terceirizadas do Complexo Cidadão Zona Norte saíram da rotina nesta terça-feira, 5, para falar de saúde da mulher e puderam marcar exames preventivos. É o resultado da parceria do Ministério Público do Amapá (MP-AP) com o Instituto de Prevenção Hospital do Amor, que está oferecendo oportunidade para as mulheres de 25 até 69 anos fazerem exames para evitar câncer de mama e de útero. A procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, é a incentivadora desta iniciativa - que faz parte do programa Qualidade de Vida - do MP-AP.

Esta foi a penúltima palestra do programa, no MP-AP, voltada para a prevenção de câncer. Os funcionários da Procuradoria Geral de Justiça – Araxá, Complexo Centro e Promotoria de Justiça de Santana já tiveram a oportunidade de ouvir a palestra ministrada pela enfermeira Samylle Pelaes, coordenadora de enfermagem do Instituto. A profissional esclareceu sobre a atuação e importância do Hospital do Amor, e os serviços disponíveis: “O Hospital do Amor foi instalado no Amapá devido à grande demanda de pacientes que procuravam as unidades em outros estados. Hoje o Amapá tem um alto índice de casos de câncer de mama e de útero, e este quadro precisa ser revertido; mas só será possível quando as pessoas se conscientizarem que não podemos procurar o médico quando a doença já está instalada, é preciso prevenir. Oferecemos alta tecnologia aliada ao tratamento humanizado sem custos para as pacientes”, explicou a enfermeira.     

O Hospital do Amor, antes Hospital de Câncer de Barretos, teve a obra finalizada em dezembro último e está funcionado em Macapá desde junho. É uma entidade filantrópica que executa dois programas do Governo Federal e, atualmente, é o único no estado que realiza todas as etapas de prevenção do câncer de mama e de útero. São oferecidos inicialmente o preventivo e mamografia, e caso haja necessidade, realizam biópsia, transvaginal, colposcopia, e todo o fluxo de rastreamento ou exames necessários para a preservação da saúde e vida da mulher.prevenção cancer 2

“Com esta palestra deu pra saber bem mais sobre os riscos e ainda vou fazer os exames que eu estava tentando fazer mas não conseguia, até porque os horários de atendimento em outros postos são os mesmos do trabalho”, disse a servidora terceirizada Francineide Ferreira. Rosângela Souza já fez exames anteriormente, mas está precisando refazer e vai aproveitar. “Gostei muito da palestra, serviu de alerta e vou repetir os exames para ter certeza que não corro risco”, falou a também funcionária terceirizada.

Os exames são feitos de acordo com a faixa etária, o preventivo, para mulheres de 25 a 64 anos, e a mamografia, de 40 a 69 anos. Mas até quem ainda não tem idade usufruiu da iniciativa, como a Jovem Aprendiz Rielly Rangel, de 16 anos. “Descobri muitas coisas sobre essas doenças que são muito perigosas. Ainda não posso fazer, mas é importante saber”. Para Joyce Souza, 20 anos, estagiária de direito, “a campanha é necessária e a prevenção tem que estar à frente de tudo”. Merilin Souza, assessora de promotor, acredita que saber sobre o Hospital do Amor já é um passo importante. “Saber que tem um local que faz todos os exames preventivos grátis e procurar atendimento, salva muitas vidas”.

 

SERVIÇO:

Mariléia Maciel – Assessora Operacional – CAOP/AMB

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
202/2019 22/11/2019
201/2019 21/11/2019
200/2019 19/11/2019
199/2019 18/11/2019
198/2019 14/11/2019
197/2019 13/11/2019
196/2019 12/11/2019
195/2019 11/11/2019
194/2019 08/11/2019
193/2019 07/11/2019
Ver todos

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual