mulheres na políticaA procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Lúcia Franco Cei, participou, nesta segunda-feira (10), no Auditório João Batista, da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), em Belém (PA), da Sessão Especial da Alepa que debateu a “Participação das Mulheres nos espaços de Poder e Decisão”.

O propósito do encontro, organizado em parceria pela Bancada Fermina da Alepa e Ministério Público do Pará (MPPA), por meio do Movimento de Mulheresevento mulheres no espaço de poder do MPPA, foi reforçar a igualdade de gênero no Âmbito profissional e ressaltar que a mulher possui condições iguais aos homens para ocupar posições de destaque na sociedade brasileira.

A Mesa de Honra do evento foi presidida pela deputada estadual paraense Dra. Heloísa e composta pela subprocuradora-geral para a área Jurídico-Institucional do MPPA, Cândida do Nascimento, PGJ do MP-AP; pela representante do Movimento De Mulheres MPPA, promotora de Justiça Fabia Furnier e pela presidente do Conselho Mulher Empresária do Pará, Denise Araújo. Na ocasião, a professora Marcia Bentes, especialista no tema, proferiu a palestra “Posicionamento da Mulher no mercado”.

deputada do Pará fala sobre o temaUma das organizadoras do evento, Dra. Heloísa, destacou que o evento foi provocado pelo MPPA. De acordo com a parlamentar, o debate é essencial para promover a reflexão e para que a sociedade entenda que as mulheres podem sim desempenhar qualquer função, com a mesma eficiência que os homens.Evento espaços de poder e decisão

“Fomos provocadas, no bom sentindo, pelas mulheres que exercem cargo no Ministério Público para um debate, em sessão especial, para que possamos nos organizar. Assim como os homens que levaram séculos se organizando e conquistando o espaço na política, nós mulheres somos um exemplo que em décadas também nos organizamos e estamos lutando cada vez mais por isso”, frisou a parlamentar.

A PGJ do MP-AP destacou que, apesar da luta pela igualdade de gênero ter iniciado no século XVIII, o preconceito ainda existe. Ivana Cei ressaltou que as mulheres avançam a cada dia, adquirem respeito, mas que é uma luta contínua.

“A equidade de gênero é garantida pela Constituição e é preciso que ela exista dentro das instituições públicas. As mulheres estão aptas a exercer cargos chaves e com total poder de decisão.  O MPPA é um parceiro do MP-AP e por isso viemos contribuir. Precisamos trabalhar em conjunto para a garantia de direitos e combater preconceitos”, comentou a PGJ do MP-AP.

Participaram do evento as deputadas estaduais Paula Nunes e professora Nilce, representantes de entidades de classe, imprensa e sociedade civil organizada.

 

SERVIÇO:

Elton Tavares

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
197/2019 13/11/2019
196/2019 12/11/2019
195/2019 11/11/2019
194/2019 08/11/2019
193/2019 07/11/2019
192/2019 06/11/2019
191/2019 05/11/2019
190/2019 04/11/2019
189/2019 31/10/2019
188/2019 30/10/2019
Ver todos

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual