WhatsApp Image 2020 02 14 at 14.21.46 1Nesta quinta-feira (13), no Plenário do Fórum de Santana - quando foram retomados os julgamentos de crimes dolosos contra a vida - a 1ª Promotoria de Justiça Criminal e Tribunal do Júri da cidade, representada pelo promotor de Justiça Adilson Garcia, sustentou a acusação contra dois réus acusados de homicídio consumado e homicídio tentado, ambos duplamente qualificados.WhatsApp Image 2020 02 14 at 14.21.46 2

A tese sustentada pelo promotor Adilson Garcia foi acolhida integralmente pelo Conselho de Sentença, que condenou Eliasabe dos Santos de Souza, conhecido como “Tchá tchá” e Gilberto Araújo da Silva, identificado pelo apelido de “Gil”, atribuindo pena de 16 anos a cada um, por crime qualificado em razão de motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima, de apenas 16 anos de idade. O caso ocorreu em 14 de março de 2018 no município de Santana e o crime está associado ao tráfico de drogas.

O julgamento da 1ª Vara Criminal e Tribunal do Júri de Santana foi presidido pelo juiz substituto Antônio José Menezes. “Talvez tenha sido o último Júri da minha carreira enquanto promotor de Justiça e estou muito honrado com a história que construímos ao longo dessa caminhada no Ministério Público do Amapá”, manifestou o promotor de Justiça Adilson Garcia, que atuou em casos de grande repercussão no Estado como, por exemplo, o caso do médico Valdson e do jovem Alessandro Guerra, obtendo êxito com a condenação dos acusados.

WhatsApp Image 2020 02 14 at 14.21.46O membro do MP-AP atuou em todas as Comarcas do Estado; Juizados Itinerantes e Especiais, Infância e Juventude, Patrimônio Público, Criminal, Júri, Patrimônio Público e Improbidade Administrativa, Eleitoral, Cidadania e, finalmente, na Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, Conflitos Agrários, Habitação e Urbanismo.Julagmento homicidio em santana 3

“No Meio Ambiente, busquei sempre os métodos extrajudiciais de resolução de conflitos, firmando inúmeros Termos de Ajustamento de Condutas - TACs, inclusive o último de R$ 47 milhões com a Anglo American para os Municípios de Serra do Navio, Pedra Branca do Amapari e Santana. Foi um aprendizado e tanto, com dezenas de Ações Civis Públicas e aproximadamente 200 Júris, com o reconhecimento do mérito ao ser premiado várias vezes no concurso de melhor arrazoado forense”, acrescentou o promotor.

Adilson Garcia disse reconhecer, também, a confiança da instituição em seu trabalho, ao lhe propiciar a possibilidade de estudar as pós-graduações de mestrado e doutorado, esta última com afastamento e vencimentos integrais na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. A tese de doutorado trata do Saneamento Básico no Amapá.

“Sou muito grato ao Ministério Público do Amapá e aos colegas maravilhosos que compõem, ao lado dos servidores exemplares, essa instituição modelo para o resto do País”, finalizou o promotor Adilson.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Gerente de Comunicação – Tanha Silva

Núcleo de Imprensa

Coordenação: Gilvana Santos

Texto: Ana Girlene – Assessor de Imprensa

Contato: (96) 3198-1616

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
143/2020 31/07/2020
142/2020 30/07/2020
141/2020 29/07/2020
140/2020 28/07/2020
139/2020 27/07/2020
138/2020 24/07/2020
137/2020 23/07/2020
136/2020 22/07/2020
135/2020 21/07/2020
134/2020 20/07/2020
Ver todos

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 14:22     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 14:22     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 14:22     Selecione uma das opções