Notícias Externas

G1: Justiça aceita 14ª ação penal de corrupção contra presidente da Alap
13/08/2015


O Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) aceitou na quarta-feira (12) a 14ª ação penal contra o deputado Moisés Souza, presidente da Assembleia Legislativa. A denúncia é mais uma resultante da operação Eclésia, deflagrada em 2012, contra o parlamento estadual e aponta um suposto desvio de R$ 600 mil dos cofres públicos da Casa de Leis. Além de Souza, mais nove pessoas são acusadas no processo.

Veja: Farra dos milhões
11/03/2013


O Ministério Público concluiu um levantamento dos gastos com verbas indenizatórias dos deputados estaduais do Amapá em 2011, mesmo ano em que os promotores descobriram também uma lista de falcatruas que corriam soltas na assembleia legislativa local, durante a operação Eclésia.

Carta Capital: Assembleia do Amapá gasta mais em diárias que o Senado Federal
23/05/2014


Em 2013, a Assembleia Legislativa do Amapá, com apenas 24 deputados, gastou cerca de 17,4 milhões de reais com as chamadas “diárias”, despesas com alimentação, deslocamento urbano e hospedagem durante viagens oficiais. O valor é 14 vezes superior ao gasto do Senado com a mesma rubrica: 1,25 milhão de reais para seus 81 parlamentares e cerca de 9 mil servidores. A conta abusiva despertou a atenção do promotor Afonso Guimarães, que há tempos investiga desvios de recursos na Casa.

Mais notícias