PGJ Roberto Alvares, Alessandra Moro e Ivana Cei (Foto Kilson Ricardo/CNMP)O Projeto: “Sicavid: da prevenção ao combate”, do Ministério Público do Amapá (MP-AP), recebeu, na noite de quarta-feira (21), Prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). A cerimônia de premiação aconteceu no auditório do Hotel Royal Tulip, em Brasília–DF, durante a solenidade de abertura do 7º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público com participação de membros e servidores do MP brasileiro e demais autoridades do judiciário.

 

O Prêmio CNMP foi criado para dar visibilidade aos programas e projetos do Ministério Público brasileiro que mais se destacaram na concretização dos objetivos do Planejamento Estratégico Nacional do MP. Das 782 práticas inscritas, 27 foram selecionadas como finalistas, ficando o MP-AP em terceiro lugar na categoria Redução da Criminalidade.

 

Premiação do MP-AP pelo CNMP (Foto Kilson Ricardo)A promotora de Justiça e gestora do projeto, Alessandra Moro, destacou que o evento permite a integração e o fortalecimento das unidades dos MPs: “O prêmio vai além da valorização de bons projetos. É um estímulo para o surgimento de práticas inovadoras que garantam o cumprimento da missão institucional do Ministério Público”, destacou a promotora.

 

“Receber esse prêmio é o reconhecimento nacional acerca dos serviços desenvolvidos pela nossa instituição, mas, percebemos, também, que o prêmio vem como estímulo para que continuemos desenvolvendo nossos trabalhos em prol de quem mais almeja, que é a população”, frisou a diretora-geral do MP-AP, promotora de Justiça Ivana Cei.

 

Premiação CNMPO procurador-geral de Justiça, Roberto da Silva Alvares, ressaltou a importância da premiação para a instituição. “Primeiramente, gostaria de parabenizar a promotora Alessandra Moro pelo excelente trabalho desenvolvido. Esse prêmio é um sinal de que estamos em um caminho coerente com as nossas responsabilidades e as do Ministério Público Brasileiro, principalmente, cumprindo com os anseios esperados pela sociedade para com a nossa instituição”, ressaltou o PGJ.

 

Membros e servidores do MP-AP participaram do eventoParticiparam do evento os procuradores de Justiça, Jair Quintas (Corregedor-geral) e Judith Teles; os promotores de Justiça do MP-AP: Eder Abreu, Lindalva Jardina, André Araújo, Horácio Coutinho, Socorro Pelaes, Alexandre Monteiro e Fábia Nilci; além dos servidores Eliana Pinho, Rodinei Paixão, Elionai Paixão, Roberto Bastos, Anilde Virino, Camila Karina e Marcelo Magalhães.

 

 

Sobre o Projeto:

É um conjunto de ações estratégicas desenvolvidas nas áreas de maior concentração de casos de violência contra a mulher, executadas pelo MPAP, com base nas informações do perfil socioeconômico do agressor e da vítima, coletadas através do Sistema de cadastro-SICAVID.

Clique aqui para ver o vídeo do Projeto

 

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616/(96) 8121-6478 Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.r

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
089/2018 24/05/2018
088/2018 23/05/2018
087/2018 22/05/2018
086/2018 21/05/2018
085/2018 18/05/2018
084/2018 17/05/2018
083/2018 16/05/2018
082/2018 14/05/2018
081/2018 11/05/2018
080/2018 10/05/2018
079/2018 09/05/2018

Operação Eclésia

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Ouvidoria

Plantões

Espelho do MPAP

Reuniões dos Órgãos Colegiados

Nenhuma audiência agendada para os próximos dias.

Licitações Ao vivo

CPL - Concorrência 001/2018 (Abertura)
29/06/2018 10:00:00